Tamanho do texto

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) não dá sinais de cansaço. Depois de ter subido ontem 2,4%, superando pela primeira vez no ano os 68 mil pontos, o índice Bovespa (Ibovespa) abriu em alta nesta manhã, na contramão do sinal emitido pelas bolsas norte-americanas e europeias.

Às 11h07, o Ibovespa subia 0,47%, aos 68.727 pontos. Assim, a Bovespa pode alcançar ainda hoje os 69 mil pontos. Para isso, o índice à vista precisaria subir 0,86%.

Contudo, um quadro mais claro do mercado só será possível depois da abertura do pregão regular em Nova York, quando os investidores já terão em mãos os dados da pesquisa ADP sobre vagas no setor privado em novembro. Como sempre acontece, é grande a expectativa com essa pesquisa, principalmente porque ela antecede o dado sobre o mercado de trabalho norte-americano (payroll) de novembro, que sai na sexta-feira. Além disso, hoje no final do dia sai o "Livro Bege", relatório sobre as condições da economia.

No Brasil, o destaque do dia é o crescimento de 2,2% da produção industrial de outubro, que superou levemente a mediana das previsões. O principal destaque foi a expressiva recuperação da produção de bens de capital, que teve crescimento de 5,9% da produção na margem. "O forte crescimento da produção de bens de capital sinaliza uma boa perspectiva para os próximos meses, já que indica um aumento dos investimentos. Além disso, a manutenção da renda num patamar elevado, bem como a retomada do crédito, deve contribuir para sustentar o nível de demanda, o que deve estimular a produção industrial", segundo os economistas da Tendências Bernardo Wjuniski e Ariadne Vitoriano.

Alguns papéis mais ligados à demanda interna podem reagir favoravelmente aos números da produção industrial, que são muito favoráveis, pois se inserem num contexto de perspectivas bem positivas para 2010. Também na Bovespa, o setor bancário está no foco. Após oito meses de negociação, a Caixa Econômica Federal fechou a compra de 35% do Banco Panamericano por R$ 740 milhões. Há rumores de que a Caixa estaria negociado também a participação em outras instituições, provavelmente no segmento de cartões de crédito de baixa renda.

Outra notícia que pode ter efeito nos papéis do Banco do Brasil é o início das negociações dos ADRs nível 1 do BB. O mercado também deve monitorar com mais atenção o desempenho das ações do Banco Santander, que ontem subiram 2,78%, a R$ 24,00, superando o preço de estreia de R$ 23,50. O principal responsável pela valorização de ontem teria sido um relatório do banco de investimentos Morgan Stanley, recomendando a compra das ações.

Voltando ao exterior, o destaque positivo são os metais básicos negociados em Londres, que atingiram novas máximas para o ano, amparada por fluxo de recursos de investidores e pela fraqueza do dólar. Já o petróleo é negociado em baixa moderada em Nova York, em um dia de volatilidade para esse mercado, que aguarda a divulgação às 13h30 dos dados semanais de estoques de petróleo de derivados nos Estados Unidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.