Tamanho do texto

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu em alta hoje, em linha com o movimento das principais bolsas internacionais, que dão sequência aos ganhos da semana passada e operam no terreno positivo esta manhã. Porém, o vencimento de opções sobre ações hoje no mercado doméstico pode trazer certa volatilidade à Bolsa.

A opção é um contrato que confere ao portador o direito de compra ou venda de um ativo a um preço predeterminado. O vencimento de opções é a data de validade desses contratos, quando os investidores atuam de forma tal que os preços das ações se aproximem daqueles valores que mais os favorecem quando a opção for exercida.

Por volta das 10h10 (de Brasília), o índice Bovespa subia 0,90%, a 39.366 pontos, na máxima do dia até o momento.

O contraponto negativo para os detentores de opções de Petrobras é a queda de mais de 3% no preço do petróleo no mercado internacional. A queda nas cotações reflete a decepção dos investidores com a decisão de ontem da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de não cortar a produção do grupo, ao contrário do que muitos do mercado esperavam.

Já as ações da Vale, que junto com Petrobras comandam o vencimento de opções e que andaram apanhando muito na semana passada devido aos temores de redução de 50% no preço do minério de ferro nas negociações deste ano com as siderúrgicas chinesas, podem vir a se beneficiar hoje da alta dos metais básicos em Londres.

Os investidores têm ainda outra notícia sobre a Vale para avaliar. A diretoria da mineradora apresentou ao Conselho de Administração proposta de remuneração aos acionistas de R$ 5,059 bilhões, o que representa o dividendo mínimo obrigatório de 25% estabelecido em lei. Isso corresponde a R$ 0,97046 por ação em circulação, segundo a companhia.

Ainda no horário citado acima, as ações preferenciais (PN) classe A da Vale subiam 1,28% e os papéis PN da Petrobras avançavam 0,69%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.