Tamanho do texto

TÓQUIO - As bolsas de valores da Ásia encerraram em sua maioria em alta nesta terça-feira, se aproximando do maior nível em dois meses impulsionadas por recuperação nos preços de commodities e ganhos do setor de tecnologia.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237562680102&_c_=MiGComponente_C

Mas os ganhos foram limitados diante da expectativa dos investidores sobre os dados de moradia dos Estados Unidos que serão divulgados ainda nesta terça-feira. Os números poderão dar sinais sobre o estado da economia norte-americana e da recuperação econômica global após a pior crise financeira em décadas.

"Os participantes dos mercados estão tendo um senso de confiança sobre as condições econômicas, que parecem fortes especialmente em mercados emergentes", afirmou Mitsushige Akino, gerente de fundos na Ichiyoshi Investment Management, no Japão. "Então, as ações que têm exposição a tais mercados estão sob terreno sólido", acrescentou.

O índice MSCI que reúne mercados acionários na região Ásia-Pacífico com exceção do Japão exibia valorização de 0,5%, a 417,96 pontos, às 7h (horário de Brasília), se aproximando do maior nível em dois meses de 422,64 pontos atingido na semana passada. Com isso, o indicador volta a terreno positivo no ano até agora.

As ações de mineração e de petrolíferas subiram com os preços de commodities se estabilizando após perderem terreno mais cedo. A petrolífera chinesa CNOOC subiu 0,5%, enquanto a mineradora BHP Billiton teve ganho de 1,1%.

As ações de tecnologia também registraram ganhos na região, com expectativa de uma demanda mais forte dos consumidores por TVs de tela fina e outros aparelhos. A Samsung Electronics exibiu alta de 1%.

A bolsa de TÓQUIO foi na contramão da tendência, encerrando em queda de 0,5%, com investidores observando de maneira cautelosa os movimentos do iene.

O maior risco para as ações da Ásia é os Estados Unidos voltarem a desacelerar, mas tais preocupações não devem emergir de novo no curto prazo, especialmente com o Federal Reserve mantendo os juros no país em níveis baixos por mais alguns meses, afirmou Akino.

"Por enquanto, eu creio que as ações continuarão em tendência de alta, com os participantes do mercado focando em resultados das empresas", afirmou ele.

A bolsa de Xangai recuou 0,7%, a 3.053 pontos. Seul teve valorização de 0,55%, enquanto HONG KONG apurou alta de 0,26%. Taiwan teve baixa de 0,3%, Cingapura subiu 0,6% e Sydney encerrou em alta de 0,92%.

Leia mais sobre: mercados

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.