Tamanho do texto

SÃO PAULO - As bolsas da Europa operam em alta nesta segunda-feira, em meio à notícias de que a Grécia pode ser socorrida para enfrentar seu endividamento. Há pouco, o londrino FTSE-100 tinha um ganho de 0,22% aos 5.366 pontos.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561396965&_c_=MiGComponente_C

O DAX, de Frankfurt avançava 1,08%, para 5.658 pontos. O CAC-40, de Paris, registrava alta de 0,62% para 3.731 pontos.

Após o terremoto no Chile levar ao aumento dos preços do cobre, com o temor de queda no fornecimento no metal, ações de companhias do setor de mineração avançavam, a exemplo de BHP Billiton e Rio Tinto.

A companhia de seguro Prudential era destaque de queda, com declínio de mais de 10%, após informar que fechou um acordo para comprar as operações asiáticas do AIG em transação de US$ 35 bilhões.

A Vivendi divulgou resultados financeiros que superaram as estimativas de alguns analistas e, há pouco, suas ações subiam 1,6%. O HSBC também apresentou seus números e seus papéis tinham queda de mais de 5% minutos atrás.

Leia mais sobre: mercados

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.