Tamanho do texto

SÃO PAULO - As bolsas européias reforçaram a tendência de baixa nesta sexta-feira após novos dados confirmarem o cenário declinante do emprego nos Estados Unidos. A mesma notícia voltou a derrubar os preços do petróleo, que também refletiram em baixa nas ações de petrolíferas da região.

Dados do Departamento de Trabalho americano apontaram uma perda de 524 mi empregos só no mês de dezembro. Embora o número tenha fica abaixo dos quase 700 mil apontados em pesquisa há dois dias, o nível de fechamento de vagas em 2008 todo, de 2,5 milhões, é o maior desde 1945, levando a taxa de desemprego a 7,2%, pior patamar.

O FTSE-100, de Londres fechou com baixa de 1,26%, para 4.448 pontos. O DAX, de Frankfurt, encerrou com recuo de 1,97%, aos 4.783 pontos. Em Paris, o CAC 40 fechou aos 3.299 pontos com desvalorização de 0,75%.

Entre os destaques, as ações do Deutsche Postbank caíram 6% em Frankfurt após informar que o resultado de 2008 será claramente negativo. As ações da Infineon também cederam 9,4% afetadas pela indicação de "venda" dos papéis dada pela Merrill Lynch. Os papéis da BP perderam 6% em Londres.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.