Tamanho do texto

Os principais índices do mercado de ações dos EUA fecharam o pregão desta quarta-feira em baixa, porém relativamente distantes das mínimas da sessão, puxados por uma leitura inesperadamente fraca de um indicador de obras residenciais iniciadas no país. Segundo o Departamento de Comércio norte-americano, o número de obras residenciais iniciadas dos EUA caiu 10,6% em outubro ante setembro, para taxa anualizada e sazonalmente ajustada de 529 mil - menor nível dos últimos seis meses.

Economistas consultados pela Dow Jones esperavam aumento de 1,7%.

Às 19h10, com dados preliminares de fechamento, o Dow Jones caía 0,11%, para 10.426 pontos, com mínima no dia de 10.360,10 pontos. Entre seus componentes, lideravam as perdas Hewlett-Packard (-1,68%), Intel (-1,13%) e Cisco (-0,54%). O Nasdaq recuava 0,48%, para 2.193 pontos, enquanto o S&P 500 tinha queda de 0,05%, para 1.109 pontos.

Apesar do declínio dos índices acionários, muitos gerentes de carteiras de investimento acreditam que o mercado segue uma tendência de alta alimentada pelos juros baixos. Alguns deles, no entanto, demonstram ceticismo crescente com a solidez desse movimento, argumentando que há fraqueza no mercado de trabalho e em outros setores da economia, como o de habitação.

"Está bastante evidente que o mercado de ações está descolado da economia no momento", disse Paul J. Nolte, diretor de investimentos da Hinsdale Associates. "Não estamos fugindo para a saída, mas estamos reduzindo algumas posições", disse Nolte. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.