Tamanho do texto

As Bolsas de Nova York abriram em baixa hoje, em reação a divulgação do Índice de Preços ao Produtor (PPI, na sigla em inglês) nos Estados Unidos em julho, que registrou a maior alta anual desde 1981. Além disso, o núcleo do índice, que exclui as variações de preços de alimentos e energia, teve o maior avanço anual em 17 anos, no mês passado.

A combinação de inflação salgada com a queda de 11% do número de construções residenciais iniciadas nos Estados Unidos em julho pesa sobre os negócios em Wall Street hoje. Embora o resultado do dado de imóveis tenha sido melhor do que a queda de 11,8% esperada por analistas, o nível atingido é o mais baixo desde março de 1991, contribuindo para empurrar o mercado de ações americano de vez para o território negativo. Às 10h35 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,65%, o Nasdaq 100 recuava 0,59% e o S&P 500 tinha queda de 0,73%.

Ações

O forte noticiário macroeconômico acabou deixando em segundo plano as notícias corporativas. De qualquer modo, o setor financeiro, principal condutor da baixa dos mercados em Nova York ontem, segue em destaque hoje e deve reagir à notícia de que o banco de investimentos Lehman Brothers já mantém negociações com interessados em sua unidade de gerenciamento de ativos. As ações do Lehman recuaram 2,3% no pré-mercado em Wall Street. Outro destaque do setor é uma entrevista dada ontem à rede de TV americana CNBC pelo chefe de investimento do Cumberland Advisors, David Kotok. Ele disse que os bancos Merrill Lynch e Wachovia, entre outras instituições financeiras, correm o risco de quebrar.

O mercado deve reagir também aos números apresentados por duas varejistas esta manhã. Home Depot anunciou queda de 25% de seu lucro líquido no segundo trimestre deste ano em comparação com igual período de 2007, de US$ 1,6 bilhão para US$ 1,2 bilhão. A Staples, que vende material para escritório, despencou 7,6% no pré-mercado em Nova York, após anunciar que deve apresentar queda de 15% de seu lucro no segundo trimestre de 2008, porque as condições de negócios no período seguem difíceis. As informações são da Dow Jones.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.