Tamanho do texto

As ações da MMX, do empresário Eike Batista, figurava entre as maiores altas do Ibovespa há instantes, após confirmação de que a EBX, holding do grupo, assinará acordo de parceria com a chinesa Wuhan Iron and Steel (Wisco). Há instantes MMX subia 1,58%, ante alta de 0,41% do Ibovespa.

As ações da MMX, do empresário Eike Batista, figurava entre as maiores altas do Ibovespa há instantes, após confirmação de que a EBX, holding do grupo, assinará acordo de parceria com a chinesa Wuhan Iron and Steel (Wisco). Há instantes MMX subia 1,58%, ante alta de 0,41% do Ibovespa. A LLX, outra empresa do grupo, avançava 0,89% O acordo será assinado na próxima sexta-feira, dia 16 de abril, conforme memorando de entendimentos celebrado entre as partes em novembro do ano passado. A parceria envolve a construção e operação de uma siderúrgica no Complexo Industrial do Superporto do Açu, tendo a EBX 30% e a Wisco, 70% de participação, com capacidade inicial prevista de 5 milhões de toneladas por ano. Conforme fato relevante divulgado hoje, a implementação da usina "está sujeita à conclusão de estudo de viabilidade". O porto do Açu é operado pela LLX Logística, do grupo EBX.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.