Tamanho do texto

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) está analisando a concessão de crédito de US$ 332 milhões para a construção de uma estrada na Bolívia, entre Cochabamba e Beni, pela construtora brasileira OAS. O objetivo do banco é apoiar a exportação dos serviços de engenharia e de parte dos produtos que serão utilizados na obra.

O valor do financiamento corresponde a 80% do volume de recursos previsto para a construção da rodovia, de US$ 415 milhões.

A operação de financiamento foi aprovada recentemente pelo Comitê de Financiamento e Garantia das Exportações (Cofig), que é ligado à Câmara de Comércio Exterior (Camex), e então encaminhada ao BNDES. O Cofig é integrado por representantes dos ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; Fazenda; Relações Exteriores; Casa Civil; Agricultura; e Planejamento. Também participam, mas sem direito a voto, representantes de Banco do Brasil, BNDES, IRB-Brasil e Seguradora Brasileira de Crédito à Exportação (SBCE).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.