Tamanho do texto

Até as 18h já era marcada uma movimentação de R$ 929 milhões; evento no ano passado terminou com R$ 872 milhões

A seis horas do fim, às 18h desta sexta-feira (27), a Black Friday já havia movimentado R$ 929 milhões, mais do que o faturamento total de 2014 (R$ 872 milhões). Os dados são da ClearSale, empresa especializada em soluções antifraude para transações comerciais, em parceria com o Busca Descontos, organizador da versão brasileira da Black Friday este ano.

Faturamento da Black Friday supera a edição de 2014 a seis horas do fim
Divulgação
Faturamento da Black Friday supera a edição de 2014 a seis horas do fim

Ainda de acordo com o levantamento, foram realizados 1.829.819 pedidos com ticket médio alcançando a marca de R$ 507,79 no parcial do início da noite. As categorias com mais transações registradas são Eletrodomésticos (R$ 231,05 milhões), Celulares e Smartphones (R$ 197,99 milhões), Eletrônicos (R$ 142,98 milhões), Informática (R$ 93,19 milhões) e Móveis (R$ 40,71 milhões).

Em relação a fraudes na Black Friday, a ClearSale informa o número de fraudes evitadas. No total, R$ 3.420.130foram evitados em perdas. No Sudeste, foram R$ 1.867.323 em fraudes evitadas. No segundo lugar está o Nordeste, com R$ 767.879 mil, seguido por Sul (R$ 327.882 mil), Centro-Oeste (R$ 326,422 mil) e Norte (R$ 130.625 mil).

O ranking com mais compras entre regiões até o momento é ocupado em primeiro lugar pelo Sudeste, com 63%, seguido pelo Sul (14%), Nordeste (13%), Centro-Oeste (6%) e Norte (2%). Dentre as cidades, a primeira posição fica com São Paulo, com 13%, seguida pelo Rio de Janeiro (7%), Brasília (2%), Belo Horizonte (2%) e Curitiba (1%). Outras cidades somam 75%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.