Tamanho do texto

Lista de bilionários inclui Bill Gates, Warren Buffett e Michael Bloomberg

Bill Gates (à esq), ao lado de sua mulher, Melinda, e do investidor Warren Buffet: metade das fortunas será doada para caridade
Getty Images
Bill Gates (à esq), ao lado de sua mulher, Melinda, e do investidor Warren Buffet: metade das fortunas será doada para caridade
Quarenta bilionários norte-americanos e suas famílias assumiram o compromisso de doar pelo menos metade de suas respectivas fortunas para a caridade, num movimento encabeçado pelo cofundador da Microsoft, Bill Gates, e pelo megainvestidor Warren Buffett. A lista de bilionários que aderiram à iniciativa inclui o presidente do conselho da Oracle, Larry Ellison, o diretor de cinema George Lucas e o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg.

O convite para que os bilionários assumissem o compromisso de doar o dinheiro foi feito em junho por Gates e Buffet. Em um comunicado divulgado hoje, a Giving Pledge - organização criada para coordenar a iniciativa - afirmou que o compromisso dos bilionários é moral, e não contratual. "Realmente estamos apenas começando, mas tivemos uma ótima resposta", afirmou Buffett. "Essencialmente, a Giving Pledge consiste em pedir às famílias ricas que façam um debate importante sobre a riqueza que possuem e como ela será utilizada."

Ellison, da Oracle, afirmou em uma carta disponível no site da iniciativa (www.givingpledge.org) que, até o momento, praticava filantropia sem alarde. "Então por que estou tornando isso público agora? Warren Buffet pediu pessoalmente para que eu escrevesse essa carta para 'dar o exemplo' e 'influenciar outros' a doar. Espero que ele esteja certo."

O magnata do setor de petróleo, T. Boone Pickens, outro bilionário da lista, também disse em carta disponível no site "há muito tempo afirmo gostar de ganhar dinheiro, e gosto de doá-lo. Gosto mais de ganhar dinheiro, mas quase tanto quanto doar". As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.