Tamanho do texto

SÃO PAULO - Em comunicado ao mercado, o BicBanco negou a existência de qualquer negociação no sentido de uma alienação de seu controle acionário para o Bradesco, conforme notícias veiculadas hoje na imprensa. Cabe-nos informar, ouvidos os representantes do grupo de controle do banco, que não existem negociações, propostas, ou fatos quaisquer que, no sentido sugerido, configurem possíveis desdobramentos concretos envolvendo a alienação da totalidade ou de parcela do capital do banco, por parte dos seus controladores, informou a instituição, em nota.

Influenciada pela notícia, a ação preferencial do BicBanco chegou a subir 17,5% no pregão da bolsa paulista, negociada a R$ 4,70.

Noves fora, a ação do BicBanco vem subindo intensamente recentemente. Nos últimos 30 dias, o papel registrou valorização de importantes 75,65%, enquanto que o Ibovespa, principal indicador do mercado acionário local, ficou no mesmo patamar, apesar das oscilações diárias.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.