Tamanho do texto

WASHINGTON (Reuters) - O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, avaliou nesta quinta-feira que a elevada taxa de desemprego vai deixar cicatrizes de longo prazo no mercado de trabalho. Em audiência no Comitê Bancário do Senado, para defender sua indicação ao segundo mandato à frente do Fed, Bernanke disse também que é necessário um crescimento de 2,5 por cento da economia para manter a taxa de desemprego estável.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.