Tamanho do texto

Roma, 3 ago (EFE)

Roma, 3 ago (EFE).- O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, pediu nesta quarta-feira que o país não se deixe levar pelo nervosismo dos mercados, nos quais o prêmio de risco da dívida pública italiana marcou nesta quarta-feira um novo recorde ao alcançar os 390 pontos básicos. Em discurso na Câmara dos Deputados, Berlusconi insistiu na solidez da política e da economia italiana e na adequação do plano de ajuste orçamentário de 79 bilhões de euros, aprovado no último 15 de julho pelo Parlamento com uma tramitação mais breve perante as pressões dos mercados. "A situação à qual temos que fazer frente é consequência direta de uma crise de confiança, que tem que ser enfrentada com coerência e firmeza, sem nos deixar levar pelo nervosismo dos mercados", afirmou o chefe do Executivo italiano. "Temos bases econômicas sólidas. Nossos bancos têm liquidez, são sólidos e superaram os testes de estresse europeus", acrescentou o líder. EFE mcs/rsd

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.