Tamanho do texto

Ásia enfrenta riscos maiores de uma disparada nos ingressos de capital, na avaliação do Banco Central de Cingapura

O banco central de Cingapura disse nesta quarta-feira que a Ásia enfrenta riscos maiores de uma disparada nos ingressos de capital, um fluxo que pode se reveter de forma desordenada se as pressões inflacionárias não forem contidas.

A Autoridade Monetária de Cingapura fez o alerta em sua última análise macroeconômica, ecoando as preocupações de muitas economias emergentes sobre as entradas de capital especulativo que elevam o valor das moedas, ações e outros ativos locais.

O presidente do banco central da Coreia do Sul disse nesta quarta-feira que os impostos sobre investimentos estrangeiros em bônus podem ser reconsiderados, enquanto o BC indiano disse que há um custo para administrar as taxas de câmbio com os fluxos voláteis.

Muitos países emergentes estão preocupadas que o aumento dos fluxos especulativos nos últimos meses crie bolhas de ativos que possam desestabilizar suas economias, dificultando a formulação de políticas monetárias.

"Um aumento das pressões inflacionárias que leva à reversão desordenada dos fluxos pode ocorrer se as economias não conseguirem intermediar esses fluxos de forma eficiente", disse o BC de Cingapura.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.