Tamanho do texto

As condições econômicas globais vão enfraquecer ainda mais neste ano, mas devem se recuperar substancialmente em 2010, disse Jean-Claude Trichet, presidente do Banco Central Europeu (BCE), após encontro no Banco de Compensações Internacionais (BIS), na Basileia, Suíça. Se há um sentimento de que a economia global irá contrair significativamente em 2009, com as nações industrializadas tendo, provavelmente, desempenhos negativos, há também um sentimento que 2010 deverá ser o ano da recuperação, afirmou Trichet em entrevista coletiva após a reunião bimestral do BIS.

O presidente do BCE também considerou que os mercados financeiros ainda não precificaram totalmente as ações tomadas pelos governos e bancos centrais para ajudar suas respectivas economias. Trichet afirmou que durante a reunião de hoje no BIS não houve discussões sobre ações coordenadas entre bancos centrais envolvendo outras medidas que não sejam ajustes nas taxas de juros. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.