Tamanho do texto

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes, demonstrou otimismo com a evolução das contas públicas nos próximos meses e reafirmou a previsão de que o setor público vai cumprir a meta de superávit primário para 2009. Esperamos resultados em 12 meses melhores nos próximos meses e uma convergência para a meta, disse, ao citar que o resultado deve mensalmente se aproximar da meta de 2,50% do Produto Interno Bruto (PIB) ou do patamar de 1,56%, caso os investimentos em infraestrutura sejam integralmente executados.

O otimismo de Altamir é sustentado pela expectativa de que a arrecadação de impostos deverá apresentar resultados cada vez mais robustos na esteira da melhora da atividade econômica. "A maior arrecadação já vai ser visível em outubro", afirmou. Ao apresentar os números do mês passado, ele minimizou a piora dos resultados ao lembrar que o governo central foi o principal responsável pelas ações anticíclicas em meio è crise e que outros países observam deterioração ainda mais expressiva das contas públicas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.