Tamanho do texto

Presidente do BOJ, Masaaki Shirakawa, apelou às maiores economias do mundo

selo

O presidente do Banco do Japão (BOJ, o banco central japonês), Masaaki Shirakawa, apelou neste domingo às maiores economias do mundo que mantenham o afrouxamento inédito de suas políticas monetárias, já que a economia normalmente demora a se recuperar após o estouro de uma grande bolha. No entanto, Shirakawa destacou também os perigos de se manter uma política monetária mais frouxa por um "longo período de tempo".

"Com frequência este tipo de política ajuda a garantir a sobrevivência de negócios ineficientes, atrasa o rejuvenescimento econômico, atrapalha os ganhos de produtividade e possivelmente ajuda a gerar outra bolha", disse Shirakawa, durante encontro no Instituto de Finanças Internacionais, em Washington. As informações são da "Dow Jones".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.