Tamanho do texto

TÓQUIO (Reuters) - O Banco do Japão afrouxou a política monetária nesta quarta-feira, mas a decisão não foi consensual, o que pode sugerir que o banco central japonês terá dificuldades no futuro para atender as demandas do governo por condições monetárias mais favoráveis ao crescimento. A decisão do Banco do Japão de dobrar a 20 trilhões de ienes os recursos disponíveis aos bancos para empréstimos de três meses era esperada, e marca um relaxamento modesto na política monetária que pode ter um impacto apenas limitado sobre a economia ou os mercados, avaliam analistas.

O juro foi mantido a 0,1 por cento, conforme esperado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.