Tamanho do texto

SÃO PAULO - O banco central da China anunciou ontem o aumento da alíquota do depósito compulsório para a maioria das instituições financeiras do país. Foi a terceira vez neste ano que a autoridade monetária toma tal decisão.

A taxa para as pequenas instituições financeiras e para as grandes entidades do setor vai subir em 0,5 ponto percentual a partir do dia 10 deste mês, para 14% e 17%, respectivamente. A alíquota para as cooperativas de crédito rural e bancos rurais, contudo, permanecerá em 13,5%. A movimentação, conforme Liu Yihui, especialista do Centro de Pesquisa Financeira da Academia Chinesa de Ciências Sociais, indica que o governo está novamente agindo para restringir a política monetária em reação às preocupações com bolhas de ativos e superaquecimento da economia. As informações são da agência Xinhua. (Juliana Cardoso | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.