Tamanho do texto

BRASÍLIA - O líder do PT na Câmara dos Deputados, Henrique Fontana (RS), disse nesta terça-feira, depois de reunião de líderes governistas com o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, que o objetivo dos parlamentares da base é aprovar na próxima semana a Medida Provisória (MP) 443, que permite a compra de instituições financeiras pelo Banco do Brasil e pela Caixa Econômica Federal.

Segundo Fontana, na reunião, que durou cerca de uma hora, os deputados discutiram com Meirelles aspectos técnicos da MP, pois as negociações para aprovação da proposta no Congresso Nacional estão a cargo do Ministério da Fazenda.

Fontana disse que o objetivo é aprovar a MP, "na medida do possível, da forma original", embora não descarte a disposição do governo de negociar com a oposição mudanças no texto. Para ele, a MP 443 cria isonomia de mercado e é uma ferramenta importante para o atual momento de crise financeira.

O líder petista esclareceu que o objetivo não é criar uma disseminação de negócios entre bancos, e sim dar estabilidade ao mercado financeiro. Ele destacou que o governo quer negociações transparentes nas fusões de bancos e que tudo será rigorosamente fiscalizado pelo Banco Central.

Leia mais sobre: crise financeira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.