Tamanho do texto

Nova York, 24 nov (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) caiu 1,98% hoje e fechou a US$ 76,02 em Nova York, à espera dos dados mais recentes sobre as reservas de petróleo e de combustíveis nos Estados Unidos.

Ao final do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (NYMEX), os contratos do WTI para entrega em janeiro caíram US$ 1,54 comparado ao preço anterior, após conseguir uma modesta alta na segunda-feira.

Os contratos do petróleo WTI com vencimento mais próximo estão, assim, no nível mais baixo desde 14 de outubro, quando fecharam a US$ 75,18 por barril.

Os contratos de gasolina para dezembro caíram US$ 0,04 em comparação a segunda-feira e ficaram em US$ 1,93 por galão (3,78 litros), enquanto o gasóleo para o mesmo mês terminou a US$ 1,94 por galão, US$ 0,03 a menos que no pregão anterior.

O gás natural para entrega em dezembro subiu US$ 0,01 em relação ao valor da segunda-feira, e terminou o pregão a US$ 4,48 por cada mil pés cúbicos.

Os operadores do mercado nova-iorquino ficaram hoje à espera de saber amanhã os mais recentes cálculos do Departamento de Energia americano relativos a reservas de petróleo e combustíveis armazenados na semana passada.

Alguns analistas preveem uma alta de pouco mais de 1 milhão de barris nas reservas de petróleo e um aumento mais moderado nas de gasolina, enquanto esperam pouca variação nos destilados, uma categoria que inclui o gasóleo de calefação e o diesel.

A queda no preço do petróleo coincidiu também com uma revisão para baixo dos cálculos sobre a atividade econômica nos EUA no terceiro trimestre deste ano.

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu a uma taxa anual de 2,8%, alinhado com as expectativas dos economistas, frente a um avanço de 3,5% que o Departamento do Comércio tinha calculado anteriormente.

EFE vm/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.