Tamanho do texto

Londres, 7 mai (EFE).- O barril do petróleo Brent para entrega em junho fechou hoje na Bolsa Intercontinental de Futuros (ICE Futures) de Londres 1,95%, cotado a US$ 78,27.

Londres, 7 mai (EFE).- O barril do petróleo Brent para entrega em junho fechou hoje na Bolsa Intercontinental de Futuros (ICE Futures) de Londres 1,95%, cotado a US$ 78,27. O preço do Brent foi influenciado novamente pela valorização do dólar e pela incerteza sobre a Grécia. O preço máximo negociado hoje foi de US$ 80,65, enquanto o mínimo chegou a US$ 77,58. A semana começou com o acordo para conceder o pacote de ajuda econômica à Grécia de 110 bilhões de euros por parte dos países da zona do euro e do Fundo Monetário Internacional (FMI). No entanto, essa regra para apoiar a Grécia não serviu para deter a especulação dos investidores contra mercados, que poderiam sofrer problemas similares pela situação de seus orçamentos e déficit. Assim, as vendas se transferiram aos mercados da dívida, divisas - o euro caiu de US$ 1,33 para US$ 1,27 - e matérias-primas. O fortalecimento do dólar fez desabar a cotação do Brent, embora em alguns momentos do pregão tenha superado a cotação de US$ 80. Além disso, hoje se soube que a economia dos Estados Unidos registrou em abril o maior lucro líquido de postos de trabalho em quatro anos, 290 mil empregos. No entanto, o índice de desemprego subiu dois décimos, até 9,9%, segundo o Departamento de Trabalho americano. Esses dados, embora positivos, não transmitiram suficiente confiança aos investidores para uma recuperação da demanda do maior consumidor de energia do mundo. Nem mesmo as dúvidas sobre os efeitos no fornecimento de petróleo que pode ter o vazamento da petrolífera britânica BP no Golfo do México conseguiram impulsionar a cotação do Brent. EFE cda/sa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.