Tamanho do texto

Viena, 3 set (EFE).- O barril da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) foi negociado nesta terça-feira a US$ 103,40, US$ 6,62 a menos que na sessão anterior, informou hoje em Viena o secretariado da organização.

A impressão de que o furacão "Gustav" não causou tanto dano como se temia às instalações petrolíferas marinhas nem às refinarias no Golfo do México e o fortalecimento do dólar frente ao euro e outras divisas favoreceram a forte baixa da commodity.

A queda de 6% no valor do barril (de 159 litros) usado como referência pela Opep coincidiu com a baixa de mais de US$ 5 do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) (WTI), de referência nos Estados Unidos, na Bolsa Mercantil de Nova York (NYMEX).

Desde que bateu o recorde de US$ 140,73 no começo de julho, a cesta referencial da Opep, calculada sobre uma mistura de treze qualidades de petróleo - uma para cada país membro - caiu 26,5%.

Já o WTI, que ontem foi negociado a US$ 109,71 por barril, chegou a seu valor mais baixo desde o princípio de abril, lembrou hoje a assessoria especializada JBC Energy.

Neste contexto, a Opep prepara sua próxima conferência ministerial, convocada para 9 de setembro, a fim de avaliar a situação do mercado e eventualmente reajustar o nível de sua oferta.

EFE wr/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.