Tamanho do texto

LONDRES (Reuters) - O principal índice europeu de ações recuou nesta terça-feira, depois de ter atingido o maior nível em um ano na véspera, pressionado por números mais fracos que o esperado do setor imobiliário nos EUA e sob forte declínio no Barclays, alvo de uma venda parcial pelo Qatar, que pressionou as ações de bancos. O índice FTSEurofirst 300, que acompanha as principais empresas da Europa, fechou com desvalorização de 0,39 por cento, aos 1.022 pontos, após atingir 1.031 pontos na sessão anterior, maior patamar em 12 meses.

O índice, que recuou cerca de 45 por cento no ano passado, ainda acumula alta de 23 por cento em 2009 e 58 por cento de valorização desde a mínima de março deste ano. Contudo, ainda está com desvalorização de 37 por cento contra sua máxima histórica de 2007.

As ações do mercado financeiro foram as que mais pesaram no índice, com o Barclays cedendo 4,7 por cento com as notícias de que o Qatar está vendendo uma participação de 2,1 bilhões de dólares no banco britânico.

Outros bancos também tinham desempenho negativo, com o HSBC, Royal Bank of Scotland, Credit Agricole, Natixis e Credit Suisse cedendo entre 0,2 e 2,8 por cento.

Ainda, números mostram que a construção de novas moradias nos Estados Unidos subiu menos que o esperado em setembro, limitado por uma forte queda nas atividades voltadas para condomínios residenciais.

"Tudo que destoa da visão que de o pior já passou e que a economia irá se recuperar fortemente em 2010 impacta no mercado. Hoje vimos que o dado de moradias nos EUA não foi tão fantástico", explicou Philippe Gijsels, estrategista sênior no Fortis BNP em Bruxelas.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em queda de 0,72 por cento, a 5.243 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX cedeu 0,7 por cento, para 5.811 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 fechou em queda de 0,54 por cento, para 3.871 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib se desvalorizou 0,81 por cento, para 24.228 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 perdeu em 0,8 por cento, para 11.790 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 recuou 0,42 por cento, para 8.845 pontos.

(Reportagem de Atul Prakash)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.