Tamanho do texto

SÃO PAULO - O Banco do Japão (BOJ) cortou a taxa de juro de 0,5% para 0,3% no fim do encontro realizado nesta sexta-feira. A decisão revelou profundas divisões entre os nove integrantes do conselho de política monetária da instituição - depois de um placar de 4 a 4, o presidente do BOJ, Masaaki Shirakawa, desempatou pela redução.

Foi a primeira vez em sete anos que o banco central japonês corta o custo do dinheiro.

Muitos economistas esperavam que o BOJ definisse uma taxa de 0,25% um dia depois de o primeiro-ministro japonês, Taro Aso, anunciar um pacote de estímulo de 26,9 trilhões de ienes, mais de US$ 270 bilhões, sendo que 5 trilhões de ienes correspondem a novos gastos pelo governo.

A medida seguiu aquela tomada em agosto, quando foi comunicado um plano de incentivo à economia de 11,7 trilhões de ienes.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.