Tamanho do texto

Tóquio, 7 abr (EFE).- O Banco do Japão (BOJ) decidiu hoje manter a taxa de juro em 0,1%, e advertiu que o "desafio crítico" da economia japonesa continua sendo superar a deflação e conseguir a estabilidade de preços.

Tóquio, 7 abr (EFE).- O Banco do Japão (BOJ) decidiu hoje manter a taxa de juro em 0,1%, e advertiu que o "desafio crítico" da economia japonesa continua sendo superar a deflação e conseguir a estabilidade de preços. Ao término de uma reunião de dois dias, o comitê monetário do BOJ votou de forma unânime na permanência do juro no nível no qual se encontra desde dezembro de 2008, e reiterou que a economia japonesa se encontra em vias de recuperação. O banco central japonês disse hoje que a melhora no setor empresarial por causa da recuperação das exportações se estenderá aos lares, e por isso acredita que "o ritmo de crescimento da economia aumentará gradualmente". Nesta ocasião, como se esperava, a entidade emissora não anunciou novas medidas contra a deflação, à espera de comprovar os efeitos das aprovadas em meados de março. Entre elas esteve a extensão por outros três meses da linha de crédito que introduziu em dezembro a fim de garantir liquidez ao sistema financeiro e sua ampliação desde 10 a 20 trilhões de ienes (de 80,507 bilhões a 161,014 bilhões de euros). O BOJ deve publicar em 30 de abril seu relatório semestral sobre o estado da economia japonesa, no qual destacará a evolução dos preços. Em seu relatório anterior, o banco previu que a queda dos preços seria registrada até março de 2012. EFE mic/mh
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.