Tamanho do texto

SÃO PAULO - O banco central da Polônia eliminou 0,25 ponto percentual da taxa de juro, para 5,75% ao ano. A maioria dos analistas apostava na manutenção do custo do dinheiro.

Também hoje a autoridade monetária da China comunicou uma redução de 1,08 ponto percentual nas taxas de empréstimo e de depósito do país, para 5,58% e 2,52%, respectivamente.

O BC chinês comentou em nota que os cortes visam garantir liquidez suficiente no sistema bancário e promover apoio ao crescimento.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.