Tamanho do texto

Bogotá, 24 out (EFE).- A Junta do Banco da República, o órgão emissor da Colômbia, determinou hoje manter estáveis as taxas de juros, ao mesmo tempo que adotou uma série de medidas técnicas para garantir aos bancos liquidez no que resta do ano.

Assim, as taxas de juros se mantêm em 10%, segundo a decisão adotada pela Junta, após mais de sete horas de reunião.

A Junta também acertou, por unanimidade, reduzir o depósito compulsório bancário das contas correntes e da economia de 11,5% para 11%.

O depósito compulsório bancário é a porcentagem obrigatória que os bancos comerciais devem deixar no organismo emissor pelas contas correntes e de poupança de seus clientes. EFE ocm/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.