Tamanho do texto

Exportações superaram importações em US$ 3,1 bilhões no mês; já no acumulado do ano, saldo positivo é 75% maior que em 2010

A balança comercial brasileira fechou julho com superávit de US$ 3,135 bilhões, 29,18% a menos do que o saldo visto em junho. Em um ano, no entanto, o indicador mais do que dobrou no mês passado.

No ano, segundo informou nesta segunda-feira o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o superávit comercial do país está em US$ 16,101 bilhões, 74,45% a mais do que igual período de 2010, quando o saldo ficou positivo em US$ 9,230 bilhões.

Em julho, as exportações somaram US$ 22,252 bilhões, enquanto que as importações totalizaram US$ 19,117 bilhões. No acumulado do ano, as vendas externas somam US$ 140,555 bilhões, cerca de US$ 34 bilhões a mais do que um ano antes, quando ficaram em US$ 106,860 bilhões.

Já as importações, entre janeiro e julho, somaram US$ 124,454 bilhões, quase 30% a mais do que em 2010 (US$ 97,630 bilhões).