Tamanho do texto

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, anunciou que o país será admitido neste mês na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Todos os sinais que recebemos claramente indicam que em 15 de dezembro o Chile se tornará um membro ativo da OCDE, disse Bachelet durante um seminário em Portugal.

Ela classificou a admissão como uma "notícia muito boa" e disse que o país foi reconhecido por possuir um gerenciamento econômico sólido. Para participar da OCDE, o Chile precisou modificar leis sobre governança corporativa e responsabilidade jurídica em casos de suborno. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas