Tamanho do texto

Expansão foi de 2,4% frente ao mesmo mês de 2010, enquanto nos últimos 12 meses findos em abril, houve crescimento de 5,6%

A atividade econômica ficou estável em abril deste ano na comparação com março, já descontadas as influências sazonais, indicando desaceleração, puxada pela indústria, segundo análise da Serasa Experian.

Em relação ao mesmo mês de 2010, o crescimento da atividade econômica foi de 2,4% e, nos últimos 12 meses encerrados em abril, houve expansão de 5,6%.

De acordo com o levantamento da entidade, considerando a demanda agregada, as reduções de 0,1% no consumo das famílias e de 1,3% nos investimentos (formação bruta de capital fixo), foram determinantes para a estabilidade da atividade econômica em abril, além da alta de 8,9% das importações de bens e serviços.

Na outra ponta, impulsionaram a atividade econômica em abril, o consumo do governo (alta de 0,1%) e as exportações de bens e serviços (crescimento de 1,5%).

Pela ótica da oferta agregada, a indústria, com queda de 1,9% em abril, puxou para baixo o ritmo da atividade econômica em abril.

Na ponta contrária, estiveram a agropecuária (alta de 1,8% frente a março/11) e o setor de serviços (crescimento mensal de 0,3%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.