Tamanho do texto

Indicador registrou 49,1 pontos, um pouco abaixo dos 50 pontos, valor que mostra o desempenho normal do mês

A atividade da indústria de construção civil em fevereiro ficou abaixo do patamar que é usual para o mês ao registrar 49,1 pontos, segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI). O índice varia de zero a 100 pontos, sendo que valores abaixo de 50 pontos mostram desempenho menor que o normal para o mês.

De acordo com a CNI, a queda foi influenciada pelas pequenas empresas do setor, cujo indicador assinalou 46 pontos no mês passado, abaixo de 50 pelo oitavo mês consecutivo. Já o indicador de evolução da atividade ficou em 49,4 pontos em fevereiro, abaixo da linha divisória de 50 pontos. Em janeiro, ficou em 47 pontos. No mesmo mês do ano passado, o índice ficou em 49 pontos.

Entre os setores pesquisados pela CNI, a construção de edifícios ficou estável em fevereiro (50 pontos). Os serviços especializados apresentaram aumento de atividade no mês, quando o indicador registrado foi 51,5 pontos. O ramo de obras de infraestrutura, no entanto, mostrou contração no mês, pois o índice ficou em 46,7 pontos. A Sondagem Indústria da Construção foi realizada entre 1º e 14 de março com 421 empresas do setor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.