Tamanho do texto

SÃO PAULO - Forças paramilitares e o Exército indiano realizam operações nesta quinta-feira em dois hotéis de luxo em Mumbai, centro financeiro da Índia, para resgatar reféns tomados por homens armados. Foram libertados os reféns no hotel Taj Mahal, mas continuam em poder dos terroristas hóspedes no hotel Oberoi-Trident.

Segundo oficiais da segurança, 101 pessoas morreram e cerca de 300 ficaram feridas em ataques coordenados realizados ontem por grupos com granadas e armas automáticas. Os alvos foram o centro turístico e comercial de Mumbai. Até o momento, a informação que se tem é que um italiano, um australiano, um japonês e um britânico estariam entre os seis estrangeiros mortos.

A imprensa indiana reportou que um grupo militante desconhecido chamado Deccan Mujahideen assumiu a autoria dos atentados. O motivo dos ataques ainda não está claro.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.