Tamanho do texto

Kuala Lumpur, 24 - O Brasil deve produzir 37 bilhões de litros de etanol de cana-de-açúcar em 2015, em comparação a 24,5 bilhões de litros em 2008, afirmou hoje Sérgio Arruda, embaixador do Brasil na Malásia, durante uma conferência na Ásia sobre biocombustíveis. Segundo ele, a produção irá aumentar para lidar com a necessidade de veículos que utilizam combustíveis renováveis, cujo número pode dobrar nos próximos seis anos para cerca de 15 milhões de unidades.

De acordo com ele, o aumento na produção de biocombustíveis não irá necessariamente resultar em uma crise alimentar, e no Brasil a produção de biocombustíveis e alimentos tem crescido no mesmo ritmo. A produção de etanol aumentou 56% entre 1990 e 2007, mesmo com a área de produção de cana ocupando apenas 1% das terras agricultáveis do Brasil, segundo ele.

Ele acrescentou que no mesmo período a produção de grãos para alimentação mais que dobrou para um recorde de 135 milhões de toneladas. "Não tem fundamento dizer que plantar cana para produzir etanol é prejudicial ao meio ambiente", afirmou ele. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.