Tamanho do texto

A queda no preço do arroz e do feijão foi a principal responsável pelo recuo de 0,19% no valor médio da cesta básica na cidade de São Paulo, entre a quinta-feira da semana passada e hoje. Conforme pesquisa da Fundação Procon-SP, realizada em convênio com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o custo médio da cesta passou de R$ 304,14 para R$ 303,57.

Segundo o levantamento divulgado hoje, o pacote de cinco quilos do arroz tipo 1 apresentou recuo de 2,24%. Já o preço do pacote de um quilo do feijão carioquinha caiu 2,07% em uma semana. O comportamento de baixa desses dois alimentos importantes na mesa do brasileiro vem no mesmo período em que indicadores de inflação, como o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), sinalizam um processo de desaceleração nestes itens, que têm importante peso na cálculo do custo de vida.

De acordo com a Fundação Procon-SP, a queda do arroz e do feijão na cesta básica ficou atrás apenas do preço da batata. No mesmo período, o quilo da batata caiu 5,41%. Teve destaque também a baixa no pacote de um quilo da farinha de trigo, de 2,03%.

Na outra ponta, a pesquisa mostrou que a maior alta da semana foi o frango resfriado inteiro. O preço do quilo avançou 4,91% e foi seguido pela elevação de 4,89% no quilo da salsicha avulsa. Na mesma pesquisa, foi notado ainda que o preço médio do quilo da carne de primeira variou 0,36%, enquanto o valor médio do quilo da carne de segunda sem osso subiu 0,42%.

No acumulado de 12 meses, o preço da cesta básica em São Paulo registra alta de 33,36%. Em julho, a alta acumulada está em 0,51%. O levantamento semanal de cesta básica da Fundação Procon-SP abrange 31 produtos. São 22 itens de alimentação, quatro de limpeza e cinco de higiene pessoal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.