Tamanho do texto

Rio de Janeiro, 19 mar (EFE).- A arrecadação de impostos em fevereiro no Brasil somou R$ 45,106 bilhões, 11,53% a menos do que no mesmo mês do ano passado e o nível mais baixo desde maio de 2005, informou hoje a Receita Federal.

Na comparação com janeiro, a arrecadação em fevereiro caiu 26,99%. Este foi o quarto mês consecutivo de queda na soma gerada por impostos no país.

A forte redução nesses números foi atribuída tanto à redução da produção, afetada pela crise global, quanto aos incentivos fiscais concedidos pelo Governo justamente para tentar estimular a economia.

O total da arrecadação nos dois primeiros meses do ano somou R$ 106,548 bilhões, o que equivale a uma queda de 9,11% em termos reais (já descontada a inflação) frente ao primeiro bimestre de 2008.

O valor arrecadado nos dois primeiros meses deste ano é 7% inferior ao previsto pelo Governo para o período (R$ 114,3 bilhões) em seu orçamento para 2009.

O Governo federal já anunciou que está estudando um corte nas despesas previstas para este ano com o objetivo de adequá-las a menor arrecadação.

Também se especula que o Governo reduza sua meta de superávit primário para este ano com o objetivo de poder contar com mais recursos para financiar as obras de infraestrutura previstas. EFE cm/bba/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.