Tamanho do texto

A Argentina vai destinar 3,6 bilhões de pesos (US$ 947 milhões) em incentivos fiscais até 2010 para promover investimentos no país, conforme a anúncio do ministro de Economia, Amado Boudou. Trata-se do primeiro leilão de benefícios fiscais para empresas que apresentarem projetos de investimento produtivo.

Os incentivos incluem a devolução antecipada do Imposto sobre Valor Agregado ou a amortização acelerada do Imposto de Renda. As empresas que pretendem investir para exportar ou atualizar sua indústria com tecnologia limpa poderão ter acesso a ambos os benefícios, simultaneamente. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.