Tamanho do texto

Após dois dias seguidos de alta, com valorização acumulada de 2,5%, o dólar comercial abriu as negociações hoje em baixa no mercado interbancário de câmbio. No primeiro negócio desta manhã, a moeda foi cotada a R$ 2,31, recuo de 0,77% em relação ao fechamento de ontem (R$ 2,328).

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar negociado nos contratos de liquidação à vista iniciou o pregão em baixa de 0,92%, a R$ 2,305.

Um cenário aparentemente mais tranquilo no mercado global de moedas pode abrir espaço para uma correção de baixa no dólar frente ao real nesta quarta-feira. O fechamento positivo nas bolsas da Ásia também foi citado por operadores como mais um componente para um ajuste dos preços. Algumas commodities agrícolas mostram recuperação nesta manhã, reforçando o pano de fundo para queda nas cotações hoje, que traz ainda leilão de dólares do Banco Central com garantias em ACC (Adiantamento de Contratos de Câmbio) e ACE.

Por outro lado, dados negativos sobre a economia europeia serviam como argumento para o viés negativo. Na Alemanha, o Escritório Federal de Estatísticas estimou que o PIB do país provavelmente sofreu retração de 1,5% a 2% no quarto trimestre de 2008 em relação ao trimestre anterior. O dado oficial será informado em 13 de fevereiro. Ainda, a Eurostat informou que a produção industrial dos 15 países que adotam o euro como moeda caiu 1,6% em novembro, ante outubro, e 7,7% ante o mesmo período em 2007. Foi a maior queda para um mês de novembro desde janeiro de 1990.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.