Tamanho do texto

SÃO PAULO - O gasto médio mensal nos lares brasileiros em 2009 foi de R$ 1.663, mediante uma renda mensal de R$ 1.

SÃO PAULO - O gasto médio mensal nos lares brasileiros em 2009 foi de R$ 1.663, mediante uma renda mensal de R$ 1.686. Na comparação com o ano anterior, tanto a renda, quanto o gasto, cresceram 8%, revelou uma pesquisa divulgada hoje pela Associação Paulista de Supermercados (Apas), que tem por objetivo entender o comportamento de consumo do brasileiro. Em 2008, o gasto médio tinha sido de R$ 1.540 e a renda de R$ 1.558. De acordo com o vice-presidente de Comunicação da Apas, Martinho Paiva Moreira, o consumidor está aprendendo a poupar. "Em 2005, o gasto tinha sido R$ 1.378 e superou a renda média de R$ 1.337", afirmou o executivo. Segundo a pesquisa, os gastos do consumidor com despesas permanentes (habitação, serviços públicos, alimentação, bebidas e transporte) vem diminuindo a cada ano. Para se ter uma ideia, em 2006 os gastos com esses itens representavam 58% do total, enquanto no ano passado, marcaram 53%. "Os consumidores estão gastando mais com outros itens", explicou Paiva Moreira. Os gastos com vestuário, saúde, educação, e cerimônia/festas aumentaram 18%, 9%, 13% e 11%, respectivamente, no ano passado, na comparação com 2008. Por fim, o estudo revelou que os supermercados perderam importância em relação ao varejo tradicional (por exemplo shoppings), vendas porta-a-porta, farmácias e atacado. A maioria (84%) dos lares brasileiros optam por mais de três canais de vendas na hora de fazer as compras. Em 2008, este percentual era de 78% e em 2007, de 76%. Os números foram divulgados durante a feira anual promovida pela Apas para o setor, que deve gerar negócios da ordem de R$ 4,5 bilhões, com total de 75 mil visitantes. (Karin Sato | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.