Tamanho do texto

Tóquio, 3 dez (EFE).- A companhia aérea American Airlines e o fundo de investimento americano TPG mostraram-se hoje dispostos a investir US$ 1,1 bilhão (R$ 1,9 bilhão) na japonesa Japan Airlines (JAL), imersa em grave crise financeira, informou a agência Kyodo.

Além das duas empresas, a também americana Delta Air Lines ofereceu à JAL, em meados de novembro, uma injeção de US$ 1 bilhão (R$ 1,7 bilhão).

Tanto a American Airlines como a JAL pertencem à aliança Oneworld, na qual também estão companhias como a espanhola Iberia, enquanto a Delta pertence ao SkyTeam.

Segundo a "Kyodo", a oferta da American Airlines e da TPG já foi apresentada à JAL e ao governo japonês, que por enquanto não se pronunciaram.

A longo prazo, a oferta da American Airlines poderia chegar a US$ 1,8 bilhão (R$ 3,1 bilhões), já que ao investimento inicial poderiam ser acrescidos outros US$ 700 milhões (R$ 1,2 bilhão) em um período de dez anos, segundo a agência.

Já a Delta e seus sócios ofereceram à JAL um pacote financeiro de US$ 1 bilhão, que inclui US$ 400 milhões (R$ 690 milhões) em capital sem direito a voto.

A maior companhia aérea japonesa atravessa graves problemas financeiros, com perda recorde de US$ 1,47 bilhão (R$ 2,53 bilhões) no primeiro semestre deste ano fiscal.

Na semana passada, a companhia aérea anunciou que havia contraído novos empréstimos do Banco de Desenvolvimento do Japão no valor de US$ 1,13 bilhão (R$ 1,94 bilhão) para continuar a operar, enquanto aguarda a conclusão de seu plano de reestruturação, que deve ocorrer em janeiro. EFE mic/id

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.