Tamanho do texto

Roma, 30 dez (EFE).- A Companhia Aérea Italiana (CAI), formada por um consórcio de empresários, manteve o nome da Alitalia mesmo após comprar a companhia aérea.

Em assembléia extraordinária dos sócios da CAI realizada hoje em Milão, foi aprovado a troca do nome da sociedade para Alitalia.

Segundo o vice-presidente do grupo, Salvatore Mancuso, a nova linha aérea estará funcionando a partir de 13 de janeiro.

Em declarações após a reunião, Mancuso afirmou ainda que a nova Alitalia segue trabalhando em busca de um parceiro estrangeiro - a Lufthansa, da Alemanha, e a franco-holandesa Air France-KLM são as principais candidatas - e anunciou que a decisão virá "em breve".

A nova Alitalia, resultado de uma fusão com a também italiana AirOne, contará com 12.500 funcionários (1.550 pilotos, 3.300 comissários de bordo e 7.650 pessoas entre técnicos, pessoal de terra e executivos).

Porém, ainda seguem as negociações entre a CAI e os sindicatos que representam pilotos, comissários de bordo e pessoal de terra, que ainda não assinaram o novo convênio coletivo. EFE ccg/dp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.