Tamanho do texto

Frankfurt (Alemanha), 10 dez (EFE).- A Continental, quinta maior fabricante mundial de peças para automóveis, revisou hoje para baixo suas previsões para o ano corrente e anulou o pagamento de dividendos em 2009.

Após uma reunião hoje em Hannover, a empresa comunicou que a margem de seu resultado antes de impostos (Ebit) será este ano de entre 7,5% e 8%, contra 9,3% que havia sido calculado anteriormente.

A Continental, que aplica medidas de economia e cortes na produção desde outubro passado, afirmou que os efeitos da crise internacional no setor do automóvel são muito severos.

Segundo dados da empresa, só neste trimestre a indústria automobilística na Europa e nos Estados Unidos produzirá 1,5 milhão de veículos a menos que projetado.

A Continental pagou pelo ano 2007 a seus acionistas uma bonificação de 2 euros por ação, o que representou um desembolso de 338 milhões de euros. EFE cv/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.