Tamanho do texto

O papel do Fundo Monetário Internacional (FMI) numa eventual ajuda à Grécia, para que supere seus problemas de orçamento, deve ser limitado à assistência técnica, disse o primeiro-ministro de Luxemburgo, Jean-Claude Juncker, nesta terça-feira. Juncker, que é também presidente do grupo de 16 ministros das Finanças cujos países utilizam o euro, disse que a zona do euro tem a capacidade financeira para ajudar a Grécia.

Segundo ele, porém, não há entre esses países a expertise técnica necessária para monitorar a implementação de pacotes de ajuda condicionais. Em troca da ajuda, a Grécia deve se comprometer com medidas para reduzir seu déficit, na linha do pacote de medidas de austeridade já anunciado pela administração local. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.