Tamanho do texto

Expansão de 3,9% foi resultado de ganhos de produtividade e a ampliação da área de cultivo de importantes culturas

Em 2011, a atividade econômica que mais se destacou foi a agropecuária.

No acumulado do ano, a taxa de expansão verificada foi de 3,9% e, na comparação do quarto trimestre de 2011 com o mesmo período de 2010, o crescimento registrado chegou a 8,4%.

Brasil cresce 2,7% em 2011 e vira 6ª economia do mundo

Freio na indústria impediu PIB mais robusto em 2011

Consumo das família cresce pelo oitavo ano consecutivo em 2011

Grãos de soja são colhidos no serrado: produção no campo entre os destaques do PIB
AE
Grãos de soja são colhidos no serrado: produção no campo entre os destaques do PIB
Também em relação ao terceiro trimestre de 2011, a atividade se destacou, com variação positiva de 0,9%.

De acordo com o IBGE, a boa performance da agropecuária se deve ao aumento da produção de várias culturas importantes e aos ganhos de produtividade.

Graças ao clima favorável, a agricultura teve safras recordes de cereais, leguminosas e oleaginosas em 2011 (159,9 milhões de toneladas).

Algodão (72,6%), fumo (22%), arroz (19%), soja (9,2%) e mandioca (7,3%) foram os principais destaques.

(Colaborou Ilton Caldeira, iG São Paulo)


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.