Tamanho do texto

SÃO PAULO - A incorporadora imobiliária Abyara anunciou hoje uma série de medidas que está tomando para fazer frente à restrição de crédito, enxugamento de liquidez e redução da demanda por novos empreendimentos. As iniciativas incluem venda de ativos, corte de vagas e suspensão de lançamentos.

A empresa diz que essas novas condições adversas estão presentes não apenas no mercado imobiliário brasileiro, mas também atingem quase a "totalidade dos agentes dos diversos setores produtivos da economia mundial".

Diante disso, a empresa informou que está vendendo fatias em empreendimentos em que possuía participação ao lado de outras incorporadoras e também terrenos não incorporados.

A Abyara também está reduzindo o quadro de funcionários e suspendeu os lançamentos "até que a demanda por novos produtos imobiliários e a disponibilidade de linhas de crédito sejam restabelecidas".

A companhia diz que, com essas medidas, poderá "preservar o valor do investimento e a capacidade de honrar obrigações previamente assumidas".

A Abyara ressalta que as medidas foram endossadas pelos acionistas que formam o bloco de controle da empresa, incluindo o Morgan Stanley,
Segundo matéria publicada ontem pelo Valor Econômico, Alfonso Munk, principal executivo no Brasil do Morgan Stanley, havia dito que a Abyara precisaria mudar de tamanho e rever o seu plano de negócios.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.