Tamanho do texto

O faturamento da indústria de bens de capital mecânicos cresceu 20% no primeiro trimestre de 2010 e alcançou R$ 16,78 bilhões, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Se descontada a inflação do período, o aumento chega a 20,2%.

O faturamento da indústria de bens de capital mecânicos cresceu 20% no primeiro trimestre de 2010 e alcançou R$ 16,78 bilhões, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Se descontada a inflação do período, o aumento chega a 20,2%.

Na comparação entre março deste ano e o mesmo período de 2009, o acréscimo foi de 47%, para R$ 7,2 bilhões. Este foi o maior faturamento da história da indústria entre todos os meses de março, segundo a Abimaq. Entre os setores que apresentaram o melhor desempenho, destaque para os setores têxtil, de plástico, de madeira e indústria gráfica.

De acordo com Luiz Aubert Neto, presidente da entidade, os números apontam para um crescimento gradativo do setor que, em março, mostrou uma possível retomada. "A maioria dos indicadores obteve desempenho maior em comparação com os números de um ano atrás, porém ainda não atingiram os níveis pré-crise."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.