Venezuela anuncia redução de seis zeros de sua moeda

Medida visa reduzir inflação do país que ultrapassa marca de 250% nos últimos meses

Bolívar venezuelano terá seis zeros reduzidos
Foto: Reprodução
Bolívar venezuelano terá seis zeros reduzidos

O Banco Central da Venezuela (BCV) anunciou nesta quinta-feira (05) a retirada de seis zeros do Bolívar, sua moeda, a partir de outubro. A medida visa reduzir a hiperinflação que o país enfrente há anos.

Segundo o governo venezuelano, a inflação do país ultrapassou 250% entre janeiro e maio deste ano. Para segurar o índice, a Venezuela adotou o dólar para fazer transações provisóriamente. 

"A partir de 1º de outubro, o Bolívar digital entrará em vigor, quando será aplicada uma nova escala monetária, que retira seis zeros da moeda nacional", afirma a nota. 

Essa é a segunda vez, em dois anos, que o governo de Nicolás Maduro reduz zeros de sua moeda. Em 2019, o BCV decidiu tirar cinco zeros do Bolívar para conseguir controlar a crise econômica no país. No entanto, a Venezuela enfrenta forte recessão, com 65% das famílias em estado de pobreza e redução do Produto Interno Bruto (PIB) em 80% nos últimos oito anos.