Google vai retomar trabalho presencial após vacinação de funcionários
Alan Diaz/AP/9.4.14
Google vai retomar trabalho presencial após vacinação de funcionários

O Google vai exigir que todos os funcionários que voltarem ao trabalho presencial estejam vacinados assim que seus escritórios e amplos campi forem totalmente reabertos, numa tentativa de contr o avanço da variante Delta do novo coronavírus, altamente contagiosa.

A gigante das buscas, de propriedade da Alphabet, anunciou também que está adiando de setembro para outubro a reabertura de seus escritórios.

Segundo o The Wall Street Journal , em comunicado divulgado nesta quarta-feira, o presidente-executivo do grupo, Sundar Pichai, disse aos funcionários que a empresa, que tem sede m Mountain View, na Califórnia, começaria a exigir que qualquer pessoa em seus campi nos Estados Unidos fosse vacinada nas próximas semanas.

Pichai acrescentou que o Google expandirá essa exigência para filiais em outros países nos próximos meses.

O CEO disse esperar que a exigência da vacinação desse mais segurança e paz de espírito para seus mais de 135 mil funcionários, em mais de uma dúzia de estados americanos e 50 países, na abertura dos escritórios.

Você viu?

“Ser vacinado é uma das maneiras mais importantes de manter a nossa saúde e a de nossas comunidades nos próximos meses”, acrescentou.

Não ficou claro quantos funcionários do Google ainda não foram vacinados, embora Pichai tenha descrito a taxa como alta em seu e-mail.

Segundo o comunicado, a empresa pretende ter a maior parte de sua força de trabalho de volta aos escritórios a partir de 18 de outubro, em vez de 1º de setembro.

"Essa extensão nos dará tempo para voltar ao trabalho, ao mesmo tempo que fornece flexibilidade para aqueles que precisam", escreveu Pichai.

A decisão do Google de exigir que as vacinas estejam no escritório vem na esteira de movimentos semelhantes que afetam centenas de milhares de funcionários do governo na Califórnia e em Nova York, como parte das medidas intensificadas para combater a variante Delta.

A decisão do Google de estender o home-office segue o exemplo de outra potência de tecnologia, a Apple, que recentemente mudou seus planos de retorno ao trabalho presencial também de setembro para outubro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários