Tamanho do texto

Confira 14 dicas para ajudar quem deixou as compras de Natal para a última semana e aprenda a economizar tanto na ceia quanto nos presentes

Brasil Econômico

Pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) apontou que mais de 14,6 milhões de brasileiros deixaram  para fazer as compras de Natal uma semana antes da data
Rosa/Agência Brasil
Pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) apontou que mais de 14,6 milhões de brasileiros deixaram para fazer as compras de Natal uma semana antes da data

Em 2016, uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) apontou que mais de 14,6 milhões de brasileiros deixaram as compras de Natal para a última semana antecedente a data. Pensando nisso, separamos 14 dicas que ajudaram a organizar os gastos de Natal e também de ano novo, visando um maior controle e custos menores.  

+ Mais de 16 milhões vão deixar as compras de Natal para última hora

Segundo Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira dos Educadores Financeiros (Abefin), quem não se programou para fazer as  compras  à vista precisa estar atento aos gastos no cartão de crédito, para evitar o descontrole financeiro já nos primeiros meses do próximo ano. "O ideal é agir, neste momento, de acordo com o padrão de vida, respeitando o orçamento. Procure destinar a segunda parcela do 13º salário, inteiramente ou grande parte, para a poupança dos sonhos da família", explica.

Economize na ceia de Natal

1- Cuidado para não pecar pelo excesso. Procure verificar cuidadosamente o número de pessoas que participarão da ceia para ter um controle maior sobre a quantidade de itens a serem utilizados. Certifique-se de que a “mesa farta” não vire um festival de sobras e desperdício. 

2- Mantenha a calma no supermercado lotado. Nos finais de ano, os supermercados e as lojas sempre estão mais cheias do que o normal, por isso tranquilidade é essencial. Respire fundo, pesquise e enfrente as filas, pois a pressa certamente o levará a pegar os produtos mais caros.

3- Uma boa opção para fugir das filas gigantescas dos supermercados é optar pelas feiras de bairro. Compre em uma delas e garanta  itens mais frescos e baratos para as suas refeições de final de ano.

4- Ao fazer compras de alimentos em grandes quantidades, como por exemplo, carnes e bebidas, opte por mercados atacadistas. Nessa época do ano, geralmente, eles têm mais opções e também fazem promoções especiais.

5- Dê preferencia aos itens nacionais. Nessas datas festivas, alimentos e bebidas já tendem a aumentar o preço. Se esses produtos são importados, maior o aumento de preço. Por isso, prefira alimentos e bebidas fabricados no Brasil. Sua ceia continuará repleta de produtos de qualidade e você ainda economizará.

6- Divida as despesas. Os anfitriões da festa não precisam arcar com todos os gastos sozinhos, por isso divida-os com familiares e amigos que pretendem participar das confraternizações.

7- Outra opção para dividir gastos é se cada convidado se dispuser a levar um prato de doce ou salgado ou até mesmo alguma bebida. Assim, a cooperação é mutua e a ceia mais diversificada em sabores.

8- Cuidado com o acúmulo de despesas. Evite parcelamentos ou compras em excesso no cartão de crédito. No inicio do ano, gastos com o IPTU, IPVA e material escolar serão necessários e o acumulo de parcelas pode levar ao descontrole financeiro. Por isso, opte por começar o ano sem muitas despesas por conta das festas.

Economize na compra de presentes

9- Faça uma lista. Coloque nela o nome de quem deseja presentear e o valor estimado para cada presente. Com isso, o controle sobre os gastos é maior e o risco de extrapolar na hora das compras é menor.

10- Pesquise minimamente os preços. Se almeja presentar seus familiares e amigos nesse final de ano, pesquise os preços em pelo menos três lugares diferentes. Inclua também na sua pesquisa, lojas online, pois nessas datas, elas geralmente possuem promoções e fretes mais em conta.  

+ Saiba como economizar nas compras de Natal desse ano

11- Não tenha medo de pechinchar. Procure negociar com comerciantes, sempre mantendo o bom humor. Caso a compra seja pagar à vista, não tenha vergonha de pedir descontos, valorize seu dinheiro.

12- Presentei depois das datas comemorativas. Após o Natal, é comum muitas lojas entrarem em liquidações e promoções. Por isso, uma boa opção é deixar as compras para o início do ano. Assim conseguirá encontrar produtos com bons preços, consequentemente economizando.

Economize nas confraternizações

13- Opte pela comanda individual.  Nas confraternizações que ocorrem em bares e restaurantes, prefira ter comanda individual para controlar melhor os seus gastos e pagar somente pelo que consumiu.

14- Evite os excessos no geral. Mantenha cautela tanto no consumo  de alimentos quanto de bebidas, principalmente alcóolicas. Isso se aplica para as compras também. Com isso, você evita o desperdício e o descontrole.

Cresce a intenção de compra de presentes no Natal, aponta Hello Research

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.